MP arquiva investigação a dois administradores no caso BES Vida

Na mesma investigação, o MP proferiu acusação contra três elementos do Departamento Financeiro, Mercados e Estudos do Banco Espírito Santo (BES), pela prática de um crime de abuso de informação em coautoria.
29.07.14
  • partilhe
  • 0
  • +

O Ministério Público (MP) arquivou o processo contra dois ex-administradores com assento na Comissão Executiva do Banco Espírito Santo (BES), por inexistência de irregularidades na participação na venda de ações da EDP do BES Vida ao BES, em 2008.

A Procuradoria-Geral da República (PGR), que não revelou a identidade dos dois administradores, disse esta terça-feira à agência Lusa que a investigação do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, iniciada em novembro de 2012, não encontrou "indícios suficientes da sua participação nos factos". Segundo o Diário Económico, José Maria Ricciardi e Amílcar Morais Pires, constituídos arguidos em 2013, são os dois administradores do BES visados.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!