"Não vou contar o que se passava comigo naquele dia", diz Coentrão sobre as lágrimas em Astana

Lateral recorda apoio do presidente.
09.03.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Um dos momentos marcantes de Fábio Coentrão esta temporada no Sporting foi aquele em chorou no banco de suplentes em Astana depois de ter sido substituído, tendo na altura sido confortado por Bruno de Carvalho. O lateral fala esta sexta-feira dessa situação em entrevista à 'Marca'.

"O nosso presidente tem essas coisas boas. Gosta de estar ao lado dos jogadores. Quando me veio abraçar senti uma coisa boa dentro de mim. Depois as pessoas dizem coisas mas não sabem do que falam. Não vou contar o que se passou comigo naquele dia. A verdade fica comigo. Digam o que quiserem", disse em entrevista à 'Marca'.

Coentrão é também questionado sobre algumas coisas que se foram ouvindo sobre a sua conduta desportiva, como fumar, ter dificuldades em dormir ou jogar demasiado na internet e aí respondeu dando como exemplo palavras de Cristiano Ronaldo.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!