Sub-categorias

Notícia

Navio Escola Sagres impedido de atracar em Macau

As autoridades chinesas proibiram o Navio Escola Sagres de atracar em Macau na quarta-feira. A autorização diplomática foi negada pelo facto da autonomia da região não permitir a visita de navios de guerra.
17.08.10
  • partilhe
  • 0
  • +
Navio Escola Sagres impedido de atracar em Macau
Navio Escola Sagres deveria atracar em Macau esta quarta-feira Foto EPA

"Tínhamos a intenção de ir a Macau e pedimos, já há muitos meses, a autorização diplomática das autoridades de Pequim para o efeito, mas não nos foi concedida, porque em Macau não é permitida a visita de navios de guerra por se tratar de uma região chinesa com autonomia", revelou o comandante do navio, Proença Mendes, à Agência Lusa.  

 

"O Navio Escola Sagres não deixa de ser um navio de guerra, pois pertence  à Marinha", concordou o comandante, numa altura em que o Sagres se aproxima da costa chinesa depois de ter estado na Coreia do Sul, estando previsto atracar esta quarta-feira em Xangai.  

 

"Lamentamos o facto de não podermos ir a Macau, pois esta é a primeira volta ao Mundo que o navio faz depois da transferência de administração de Macau, de Portugal para a China. Mas são as regras da região", observou o capitão-de-fragata.  

 

O Navio Escola Sagres vai ficar em Xangai até ao dia 23, de onde parte rumo à capital timorense de Díli.

 

Em Xangai, "será oferecida uma recepção no navio às autoridades locais e à Marinha chinesa. A tripulação vai visitar a Expo 2010 e, particularmente, o pavilhão de Portugal, que irá organizar actividades especiais", explicou  o comandante Proença Mendes.  

 

"Em Xangai termina a viagem de instrução dos alunos da Escola Naval (63 no total) e os cadetes regressam a partir dali para Lisboa, por avião",  afirmou o comandante.  

 

Nesta viagem à volta do globo, a primeira em 26 anos, a Sagres já visitou países como o Brasil, Uruguai, Argentina, Chile, Peru, Equador, México, Estados Unidos, Japão e a Coreia do Sul, faltando agora China, Indonésia, Timor-Leste, Singapura, Tailândia, Malásia, Índia, Egipto e Argélia.  

 

"Temos sido muito bem recebidos em todo o lado, pois este é um navio espectacular. Por onde passa ganha amigos e todos estão encantados com esta forma de fazer diplomacia", constatou o comandante Luís Proença Mendes. 

 

A viagem do Sagres iniciou-se a 19 de Janeiro para formar os alunos da Escola Naval e promover a imagem de Portugal no Mundo, e prolonga-se  por 11 meses, estando prevista a sua chegada a Lisboa a 23 de Dezembro. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

pub