Nobel Vargas Llosa chama "golpistas" a líderes catalães

Escritor diz que conspiração independentista não destruirá Espanha unida.
Por Lusa|08.10.17
  • partilhe
  • 0
  • +

O Nobel Mario Vargas Llosa criticou este domingo a "paixão nacionalista", chamou "golpistas" aos líderes do governo regional e realçou que a "conspiração independendista não destruirá 500 anos de história" de Espanha unida nem a converterá num país "terceiromundista". 

O escritor participou na manifestação que decorre em Barcelona a favor de uma Espanha unida e contra a independência da Catalunha, um protesto desde a praça Urquinaona até à estação de Francia, dominado por bandeiras espanholas, catalãs e europeias e pelo lema "Basta! Recuperemos a sensatez".

No final da caminhada, várias personalidades discursaram, e depois do presidente da Societat Civil, foi Mario Vargas llosa que tomou a palavra, afirmando que "todos os povos modernos ou antigos vivem na sua história momentos em que a razão é ultrapassada pela paixão nacionalista" que "pode ser destrutiva e feroz quando é movida pelo fanatismo e pelo racismo".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!