Obrigava enteada de sete anos a fazer sexo oral no banho

Homem confessou os crimes de abuso sexual.
24.01.18
Um homem, de 36 anos, foi preso por suspeitas de violar a enteada de 7 anos, em Mato Grosso do Sul, no Brasil.

O padrasto da menina acabou por confessar o crime, segundo avançou a polícia. "Nós já ouvimos as testemunhas e o suspeito. Ele realmente admitiu que levava a menina para o banho e lhe pedia para praticar sexo oral com ele pelo menos três vezes, sendo que a criança negou sempre", explica o delegado.

Segundo a polícia local, o telefone do padrasto foi retido para investigações por terem conhecimento que o suspeito exibia imagens pornográficas.

pub

pub