Ordem dos Advogados disponível para mediar soluções para lesados bancários

Ricardo Brazete, disse que o objetivo das comissões arbitrais será avaliar, para cada caso, se os clientes lesados se enquadram na lei n.º 69/2017.
Por Lusa|20.10.17
  • partilhe
  • 0
  • +
A Ordem dos Advogados está disponível para mediar comissões arbitrais no caso dos lesados pelos bancos BES e Banif e encontrar formas de minimizar as perdas sofridas pelos clientes que ainda não têm soluções para os seus casos.

O vice-presidente da Ordem dos Advogados, Ricardo Brazete, disse à Lusa que o objetivo das comissões arbitrais será avaliar, para cada caso, se os clientes lesados se enquadram na lei n.º 69/2017, que criou os fundos de recuperação de créditos, destinados a compensar os lesados do papel comercial vendido nos balcões do BES e que a ordem considera que podem abranger mais lesados bancários.

"A comissão arbitral servirá para avaliar se as pessoas se enquadram na previsão legal do artigo n.º 2 da lei 69/2017 e, se sim, encontrar uma solução para essas pessoas. É uma situação de justiça social", afirmou Ricardo Brazete.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!