Padre detido por violação durante exorcismo sai em liberdade

Sacerdote passou as duas últimas noites numa cela da PJ. Crime aconteceu em Fátima.
Por Liliana Rodrigues|04.08.18
O polémico padre Gama, de 79 anos, foi detido pela Polícia Judiciária de Leiria por ter violado uma mulher, com cerca de 55 anos, durante um exorcismo que realizou na moradia onde dá consultas há 13 anos, no Valinho de Fátima. Está ainda indiciado por burla qualificada. Este sábado, o padre esteve quatro horas no Tribunal de Santarém sendo que a medida de coação aplicada foi ficar em liberdade com apresentações.

Expulso pela Igreja na década de 90, o padre Gama aproveitou o momento em que a vítima estava deitada numa cama - o que faz parte do ritual - para a manietar e violar. A mulher ficou em choque e quando saiu da consulta, para onde se deslocou sozinha, pediu ajuda. Teve mesmo de receber tratamento hospitalar.

O padre exorcista acabou detido poucas horas depois do crime, no consultório em Fátima, pelo diretor da PJ de Leiria, Gil Carvalho. Passou as duas últimas noites detido numa cela da Judiciária e esta manhã foi ouvido em primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Santarém.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!