Sub-categorias

Notícia

Passos Coelho acusa Governo de deixar Serviço Nacional de Saúde "à míngua"

Por Lusa|13.09.17
  • partilhe
  • 9
  • +

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou hoje o Governo de deixar "à míngua" os serviços de saúde e alertou os portugueses de que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) não aguentará mais quatro anos de subfinanciamento.

"Não vemos como é que é possível manter o Serviço Nacional de Saúde assim nos próximos quatro anos", afirmou Pedro Passos Coelho, alertando que se "se mantiver uma lógica de usar a margem de manobra para fazer política populista e demagógica e depois deixar os serviços à míngua", a deterioração da qualidade "será muito grave".

O aumento da "dívida" e a "queda significativa" da despesa capital na área da saúde são alguns dos fatores apontados pelo presidente do PSD como causas da degradação do SNS, setor em que, afirmou, "se contarmos os aumentos de salários, ficou menos para gastar na saúde do que no ano anterior".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

pub