PCP propõe rejeição da "submissão à União Europeia e ao Euro"

Programa de Estabilidade e o Programa Nacional de Reformas "são documentos da exclusiva responsabilidade do Governo".
Por Lusa|19.04.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O PCP propõe a rejeição das "opções assentes na submissão à União Europeia e ao Euro" e dos "instrumentos de condicionamento do país", num projeto de resolução sobre o Programa de Estabilidade entregue esta quinta-feira na Assembleia da República.

Em declarações aos jornalistas, o líder parlamentar do PCP, João Oliveira, sublinhou que o Programa de Estabilidade e o Programa Nacional de Reformas "são documentos da exclusiva responsabilidade do Governo e que comprometem apenas o Governo", contemplando "critérios e opções que parecem errados e desligados" dos interesses do país.

João Oliveira defendeu que "as decisões soberanas tomadas na Assembleia da República", nomeadamente no que respeita ao Orçamento do Estado, "em nada ficam comprometidas pelos documentos que o Governo entende apresentar à Comissão Europeia".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!