Pedófilo condenado a cinco anos de prisão por violar sobrinha em Coimbra

Homem abusava de criança com atraso no desenvolvimento psicomotor.
Por P.G.|09.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Um homem de 46 anos, residente no Concelho de Góis, foi condenado pelo Tribunal de Coimbra a cinco anos e dois meses de prisão efetiva por violar a sobrinha de 13 anos.

A vítima, que apresenta atraso do desenvolvimento psicomotor, com dificuldades de aprendizagem, ficava em casa da avó, onde vivia o arguido, sempre que os pais iam trabalhar.

Muitas vezes a menina ficava entregue aos cuidados do arguido, que também tem problemas cognitivos, mas, segundo a perícia a que foi sujeito, "sabe distinguir o bem do mal".


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!