Sub-categorias

Notícia

Petição contra Sócrates na RTP

Em poucas horas, seis mil pessoas já assinaram uma petição online contra a presença do ex-primeiro-ministro socialista como comentador da estação pública de televisão.
21.03.13

Mais de seis mil pessoas assinaram esta quinta-feira uma petição contra a presença do ex-primeiro-ministro José Sócrates como comentador político na RTP, número que já obriga a que o tema seja discutido em plenário da Assembleia da República.

A petição "Recusamos a presença de José Sócrates como comentador da RTP" tinha, às 12h18 desta quinta-feira, 6.023 signatários.

Segundo a lei, qualquer petição online com pelo menos 4.000 assinaturas tem de ser apreciada em plenário da Assembleia da República.

Os signatários da petição, que se apresentam como cidadãos e contribuintes portugueses, afirmam no texto recusar "a presença do ex-primeiro-ministro José Sócrates em qualquer programa da RTP", alegando que se trata de uma televisão paga com dinheiros públicos.

Os contribuintes, acrescenta o texto, "sofrem do resultado da má gestão deste senhor [José Sócrates]" e recusam "liminarmente o branqueamento das ações deste senhor através da TV dos atos de despesismo e gestão danosa, que fez com este país andasse para trás, e não para a frente".

A petição vai ser enviada para os deputados da Assembleia da República e para o presidente da administração da RTP, Alberto da Ponte

O diretor de Informação da RTP confirmou esta quinta-feira à Lusa que a estação pública vai contar, a partir de abril, com o ex-primeiro-ministro socialista José Sócrates e o ex-ministro da Presidência social-democrata Nuno Morais Sarmento como comentadores políticos.

"Confirmo que a RTP vai ter dois novos comentadores políticos: José Sócrates e Nuno Morais Sarmento", afirmou o diretor de Informação, Paulo Ferreira.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
15 Comentários
  • De luis ventura22.03.13
    Vergonhoso .Assim como é vergonhoso fazerem-nos pagar uma divida que esse senhor causou com os desvios que fez ,assim como obrigarem-nos a pagar uma taxa de televisão que maior parte das pessoas não veem.
    Responder
     
     7
    !
  • De Arlindo Belo21.03.13
    Simplesmente vergonhoso, tanto para esse pinóquio incapaz como para a também incapaz RTP.
    Responder
     
     6
    !
  • De Carlos 21.03.13
    Como cidadão pouco mais posso fazer do que mostrar a minha indignação pela forma como a RTP que é paga por todos nós se predispõe a fazer o branqueamento da carreira politica um dos maiores responsáveis pela crise
    Responder
     
     2
    !
  • De Antonio21.03.13
    Este diretor de informação devia ser já despedido com justa causa.Quando esse senhor tiver a falar todos os portugueses devam mudar de canal.Esse senhor não tem vergonha como colocou o pais ???
    Responder
     
     3
    !
  • De dino21.03.13
    e preciso ter uma lata para falar de politica, quando este senhor desgraçou este pais colocou o povoa na miseria, haja respeito pelo povo honesto
    Responder
     
     3
    !

Mais notícias

Mais notícias de Cm ao Minuto

pub