Piloto de avião que caiu em Tires acusa 0,38 g/l

Relatório aponta como causa do acidente a "perda de potência no motor esquerdo".
Por J.T.|21.08.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O piloto do avião que caiu em Tires, Cascais, a 17 de abril de 2017, provocando a morte de cinco pessoas, acusou taxa de álcool de 0,38 g/l.

Contudo, o relatório às causas do acidente adianta que "o teor de álcool quantificado no exame toxicológico do cadáver (...) não representa uma certeza quanto ao valor toxicológico real, podendo haver resultados positivos quando não houve álcool ingerido".

O relatório aponta como causa do acidente a "perda de potência no motor esquerdo" e a "falta de formação adequada do piloto, dentro do contexto de emergência real de falha de motor crítico".


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!