Pinho vai ser chamado à comissão parlamentar

Inquérito dura quatro meses e esperam-se “consequências políticas”.
Por Wilson Ledo|23.05.18
  • partilhe
  • 3
  • +
Manuel Pinho vai ser chamado à comissão parlamentar de inquérito às rendas da energia, que esta quarta-feira toma posse. A garantia da convocatória ao antigo ministro da Economia é dada por Jorge Costa do BE, que considera a presença "imprescindível".

A comissão pretende analisar, em quatro meses, se houve irregularidades e favorecimentos nos contratos de energia desde 2004, sobretudo na passagem dos chamados CAE para os polémicos CMEC da EDP. "Se esse apuramento for feito, haverá lugar a consequências políticas", assegura o bloquista.

Quanto ao PS, o deputado Carlos Pereira defende que a comissão deve abrir "caminho para que haja medidas novas no próximo Orçamento" para reduzir os custos nas faturas da energia. O socialista frisa que o objetivo é "que esta não seja uma comissão de casos" mas reconhece a importância de ouvir os protagonistas, como Manuel Pinho, para "colmatar erros do passado".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!