PJ e Forças Armadas interceptam 1,4 toneladas de cocaína

Droga foi detetada em veleiro ao largo dos Açores. Três homens foram detidos.
Por João C. Rodrigues|26.06.18

Uma operação da Polícia Judiciária, que contou com a colaboração da Marinha e da Força Aérea, levou à interceção, em pleno Oceano Atlântico, a sul da Ilha do Faial, de uma embarcação de recreio que transportava 1400 quilos de cocaína. Três homens foram detidos.

A droga era proveniente das Caraíbas e destinava-se a ser distribuída por vários países europeus. Vinha acondicionada em compartimentos especialmente criados para o efeito na estrutura da embarcação - sob os depósitos de combustível, compartimentos esses que apenas foram localizados depois de minucioso e intenso trabalho das equipas da Polícia Judiciária que foram apoiadas por elementos da Polícia Marítima e da Guarda Nacional Republicana.

Esta operação resulta de uma investigação iniciada recentemente pela Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes da Polícia Judiciária na sequência da troca de informações com a National Crime Agency do Reino Unido no quadro do Maritime Analysis and Operations Centre - Narcotics (MAOC-N), organismo internacional com sede em Lisboa.

Os detidos, com idades compreendidas entre os 38 e os 51 anos de idade, foram presentes a primeiro interrogatório judicial tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

A investigação prossegue a cargo da Polícia Judiciária em cooperação com as autoridades de outros países, designadamente do Reino Unido.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!