Policia angolano suspeito de execução sumária de assaltante fica em prisão preventiva

PGR referiu ainda que foram constituídos arguidos outros seis agentes.
Por Lusa|07.06.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O agente do Serviço de Investigação Criminal (SIC) filmado a abater a tiro, numa rua de Luanda, um alegado assaltante já imobilizado e ferido, vai aguardar julgamento em prisão preventiva, divulgou a Procuradoria-geral da República (PGR) angolana.

Em comunicado, a PGR referiu ainda que foram constituídos arguidos outros seis agentes.

A PGR confirmou "que tomou conhecimento dos vídeos postos a circular nas redes sociais", de 01 de junho, em que um agente do SIC "aparece a disparar contra um cidadão supostamente envolvido numa ação criminosa, ferido e deitado no chão sob domínio policial, no âmbito de uma operação de reposição da ordem".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!