Sub-categorias

Notícia

Polícia proíbe manifestação de partidos de oposição na Guiné-Bissau

Por Lusa|07.12.17
  • partilhe
  • 1
  • +

A polícia da Guiné-Bissau proibiu hoje a realização de uma marcha de partidos de oposição que contestam o Presidente guineense, José Mário Vaz, alegando o cumprimento de ordens da Procuradoria-Geral da República, disse à Lusa fonte da corporação.

Segundo a fonte, a marcha convocada por 18 partidos, não pode ter lugar na sequência da ordem emitida pelo novo Procurador-Geral guineense, Bacari Biai, segundo a qual, a Constituição do país "não prevê a realização de manifestações a qualquer momento".

Numa nota emitida no dia 02 de dezembro, o Procurador guineense, citando a Constituição do país, ressalvou que "os cortejos e desfiles de cidadãos só são permitidos aos domingos e feriados" e aos sábados "a partir das 13 horas e em dias uteis só depois das 19 horas".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cm ao Minuto

Joana Amaral Dias

A lebre e a tartaruga

Em ‘Lucky’ há um cágado lento que prefere arriscar a sorte no deserto do que passar toda a sua longa vida protegido pelo dono

Escolhas

DOIS UTÓPICOS CONVERSADORES

DOIS UTÓPICOS CONVERSADORES

Uma nova editora apresenta um diálogo avassalador e divertido entre dois nomes grandes da cultura nacional

Domingo

Um GPS de cientistas

O projeto da FFMS referencia e liga há um ano 3500 portugueses que fazem ciência em 19 países

Domingo

“Os casais falam pouco de sexo  e de dinheiro”

“Os casais falam pouco de sexo e de dinheiro”

Esteve na fundação da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar numa altura em que não se ouvia falar de tal coisa em Portugal. As queixas dos casais não mudaram muito. Só já não se precisa de detetive para se descobrir uma infidelidade

Victor Bandarra

A GENTE E VOCÊS...

Imagina o pessoal lá em Bruxelas a ver agora as cenas da política portuguesa na TV

pub