Portugal condena ataque na capital do Burkina Faso e "deplora perda de vidas"

Morreram oito extremistas islâmicos e sete soldados.
02.03.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O Governo português condenou o ataque de hoje à embaixada francesa e a uma unidade militar em Ouagadougou, capital do Burkina Faso, que provocou a morte de oito extremistas islâmicos e de sete soldados.

Em comunicado enviado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, salienta-se que o Governo português "condena com firmeza os ataques terroristas" e "deplora a perda de vidas humanas inocentes".

O executivo de Portugal manifestou também "a sua solidariedade para com o povo e as autoridades do Burkina Faso".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!