Portugal entre os países com os preços dos carros e bens de consumo electrónicos mais altos da UE

Portugal destaca-se nos segmentos dos transporte privados e bens de consumo electrónicos.
Por Sara Antunes / Jornal de Negócios|20.06.18
  • partilhe
  • 3
  • +

O preço médio dos bens de consumo e serviços em Portugal está abaixo da média da União Europeia (UE), de acordo com os dados divulgados esta quarta-feira, 20 de Junho, pelo Eurostat e que se referem a 2017. Mas há alguns produtos em que Portugal se destaca por ter dos preços mais elevados.

Em seis segmentos discriminados pelo Eurostat, Portugal destaca-se em dois. Na eletrónica de consumo é a Dinamarca que pratica os preços mais altos, seguida pela França. Portugal partilha o terceiro lugar com Chipre.

O outro segmento onde Portugal aparece em destaque é o equipamento de transporte privado, com a Dinamarca a voltar a liderar. Neste caso, em segundo lugar surge a Holanda e, em terceiro lugar, estão três países: Portugal, Irlanda e Finlândia.

Nos restantes segmentos – alimentação e bebidas não alcoólicas; bebidas alcoólicas e tabaco; roupa; e hotéis e restaurantes - Portugal não aparece. Nem entre os países com preços mais elevados, nem entre as nações com os preços mais baixos.

O Eurostat realça que, em 2017, o nível de preços mais alto foi mais do dobro entre os países mais caros do que nos países mais baratos. A Dinamarca é o país com os preços médios mais altos, seguida da Suécia e da Áustria. Do lado oposto estão Polónia e Roménia.

 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!