Sub-categorias

Notícia

Portugal regista das maiores quebras de vendas de música no Mundo

Segundo a AFP – Associação Fonográfica Portuguesa, Portugal sofreu, em 2011, uma das maiores quebras do Mundo na compra de música, enquanto o consumo do digital legal também não parece estar a avançar conforme esperado. Em comunicado, a AFP aponta o dedo ao Governo, já que "os valores agora revelados são o resultado da ausência de medidas concretas de combate à pirataria digital no País ao longo dos anos". Pior que Portugal, só a Grécia e a Rússia.
22.04.12
  • partilhe
  • 0
  • +
Portugal regista das maiores quebras de vendas de música no Mundo
A Associação Fonográfica Portuguesa atribui a culpa da retracção do mercado discográfico em Portugal à proliferação da pirataria Foto José Barradas

Relativamente a 2010, a facturação do mercado físico de álbuns discográficos recuou no ano passado 34,42 por cento, enquanto no resto da Europa caiu, em média, 11,7 por cento. 

Já a venda digital, que nos últimos cinco anos cresceu 54,55 por cento, regista um crescimento abaixo da média europeia: em países como a Áustria, Bélgica, Dinamarca, Irlanda ou Noruega, os mercados digitais legais descolaram a uma média de 380 por cento.

Ainda segundo a AFP, com a facturação do mercado português recuou “mais de 80 por cento numa década” e está “em causa a sua sobrevivência”, sendo a pirataria a principal culpada da situação.

“Em Portugal assiste-se impunemente à sua proliferação [da pirataria], perante a passividade e permissividade das autoridades judiciais e políticas”, lê-se no comunicado.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

pub