Portugueses gastaram três milhões em pílulas do dia seguinte

Venda deste medicamento aumentou 45,5% em seis anos.
Por Francisca Genésio|09.04.18
Portugueses gastaram três milhões em pílulas do dia seguinte

Os portugueses gastaram cerca de três milhões de euros em caixas de pílula do dia seguinte no ano passado.

No total, foram vendidas 192 153 embalagens- o valor mais alto de sempre em seis anos, o que representa um crescimento de 45,5%. Existem dois tipos de pílulas do dia seguinte, com princípios ativos diferentes: o levonorgestrel (esta pílula deve ser tomada nas primeiras 72 horas e pode ser comprada em farmácias e locais de venda livre) que custa em média 15,95 euros, e o ulipristal (tem uma atuação de 120 horas e só pode ser adquirido nas farmácias), considerado "mais eficaz" pelos farmacêuticos e que custa cerca de 23,95 euros.

Os dados foram revelados ao Correio da Manhã pela Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed). Feitas as contas, foram vendidas cerca de 526 embalagens por dia em Portugal.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!