Sub-categorias

Notícia

Termina prazo para entrega de IRS

Referente a trabalhadores dependentes e os pensionistas.
Por Lusa|30.04.16
  • partilhe
  • 0
  • +
Termina prazo para entrega de IRS
As declarações de IRS são referentes aos rendimentos de 2015 Foto Vítor Mota/Correio da Manhã

Os trabalhadores dependentes e os pensionistas têm até este sábado para entregar as declarações de IRS referentes aos rendimentos de 2015, em papel ou através do Portal das Finanças, segundo informação da Autoridade Tributária e Aduaneira.

De acordo com o calendário fiscal publicado no Portal das Finanças, termina este sábado o prazo para que os sujeitos passivos com rendimentos da categoria A (trabalho dependente) e H (pensões) entreguem, "por transmissão eletrónica de dados ou em suporte de papel", a sua declaração de IRS (Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares).

Caso o contribuinte tenha auferido rendimentos destas categorias provenientes do estrangeiro devem juntar à declaração o anexo J e se tiverem benefícios fiscais, deduções à coleta, acréscimos ou rendimentos isentos sujeitos a englobamento devem juntar o anexo H, escrevem as Finanças.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
2 Comentários
  • De Carla Aniceto30.04.16
    E pagar que é bom nada
    Responder
     
     0
    !
  • De Jorge Tavares30.04.16
    IMPOSTOS E REPRESENTAÇÃO POLÍTICA Na "democracia" portuguesa, só se é "cidadão" para pagar impostos, taxas, portagens e "rendas". Quando se olha para a representação política que deveria ser o outro lado da moeda, não se vê nada. Nem sequer o direito básico de cidadania que é poder escolher o candidato em que se prefere votar para nos representar no parlamento. Na prática, os políticos elegem-se a si próprios! Nunca foram verdadeiramente sujeitos ao escrutínio democrático; organizaram o Estado para enriquecer à custa dos cidadãos em vez de trabalhar para os cidadãos. É hora dos portugueses se levantarem contra esta ditadura de partidos e exigir os direitos políticos proporcionais a este peso fiscal: possibilidade dos cidadãos concorrerem a deputado por direito próprio e listas eleitorais abertas à ordenação pelos eleitores, por meio de votos em nome. Nunca verão este tema ser debatido pelos "comentadores políticos": www.facebook.com/notes/jorge-tavares/o-que-sustenta-a-partidocracia-é-o-sistema-eleitoral/108628802556106
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Cm ao Minuto

pub