Marcelo promulga, com reservas, alterações à lei do cinema

Presidente queria outras regras para a escolha de júris, mas aprova para não atrasar financiamento.
Por Lusa|07.04.18
  • partilhe
  • 8
  • +

O Presidente da República promulgou este sábado com reservas, alterações à lei do cinema, aprovadas pelo Governo em fevereiro e contestada por produtores, realizadores, sindicatos, programadores e técnicos.

Na mensagem publicada no site da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa admite que preferia uma solução diferente para os júris, mas também considera que a lei é "já um passo num sentido de atenuação do peso das entidades empresariais".

Além do mais, um veto, por obrigar a uma reapreciação da lei, "implicaria um atraso suplementar na constituição dos júris e no financiamento ao setor", argumenta ainda.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!