Preso por matar à pancada emigrante em rixa

Daniel Machado foi confundido com assaltante e assassinado.
Por Miguel Curado e Ângela Gonçalves Marques|04.08.18
A polícia suíça já prendeu um dos autores do homicídio de Daniel Machado, o emigrante de 41 anos que foi morto à pancada há uma semana, em Basileia, por ter sido confundido com a pessoa que roubou o telemóvel ao homicida. Um segundo suspeito continua a ser procurado.

A informação foi avançada ao CM por Adelino Sá, jornalista do jornal 'Gazeta Lusófona', sediado na Suíça. "Foi detido pela polícia de Basileia e já aguarda julgamento em prisão preventiva", explicou Adelino Sá. Esta detenção, refere, ocorreu pouco tempo depois de três portugueses, de 18, 24 e 36 anos, e de um espanhol, de 18, terem sido presos, e libertados, por suspeitas de participação no crime.

Segundo Adelino Sá, a investigação da polícia de Basileia, tutelada pelo Ministério Público, acredita que o homicídio de Daniel Machado tem a ver com o facto de o português ter estado, pouco tempo antes de morrer, com um homem que, efetivamente, roubou um telemóvel.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!