"Processo eleitoral está viciado à partida"

Luaty Beirão não acredita que as eleições anunciadas para 2017 tragam mudanças.
Por Paula Gonçalves|18.12.16
  • partilhe
  • 0
  • +
"Processo eleitoral está viciado à partida"
Luaty Beirão defende que o processo eleitoral em Angola só “serve para legitimar a fachada da democracia” Foto Ricardo Almeida
O ativista luso-angolano Luaty Beirão não acredita que as eleições anunciadas para 2017 em Angola tragam algum tipo de mudança. E até duvida que elas se realizem. "Não acredito nas eleições. O processo eleitoral está viciado à partida. Estaria a ser ingénuo se dissesse que promoveriam algum tipo de mudança", afirmou ontem o rapper, à margem de uma iniciativa na Casa da Lusofonia, em Coimbra.

Mesmo com o anúncio de saída da cena política do atual presidente, José Eduardo dos Santos, Luaty Beirão considera que, em termos práticos, pouco significado tem. "Desde que continue o grupo hegemónico que lá está a controlar tudo o que é economia e política do país, não há razão para a relação de forças se equilibrar."

Luaty Beirão diz que em Angola nunca se podem ter certezas: "Pode ser que até decidam que não pode haver eleições, porque estamos a atravessar uma crise financeira sem precedentes e não há dinheiro para as pagar. Estamos sempre à espera de haver um recuo."

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!