Protesto contra exploração de petróleo juntou centenas de pessoas na praia

Iniciativa da Tamera pretende mostrar que o caminho a seguir são as energias alternativas.
05.08.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Com o lema "não ao furo por um futuro", reuniram-se este sábado cerca de 800 pessoas, na praia da Cova do Vapor, em Almada, distrito de Setúbal, num protesto pacífico contra a exploração de petróleo e gás em Portugal.

Com vista à criação de uma arte aérea, o protesto iniciou-se com o termómetro a marcar 42 graus, ao som de tambores que chamavam a atenção dos banhistas, seguido da canção "não ao furo por um futuro".

Naquele que prometia ser um dos dias mais quentes do ano, cerca de "800 participantes, com tendência a subir", reuniram-se para formar uma imagem contra a prospeção de petróleo no nosso país, disse à agência Lusa um dos membros da Tamera - Centro de Educação e Pesquisa para a Paz, Isabel Rosa.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!