PS deixaria governar PSD se não chegasse a acordo com esquerda

Presidente da região da Extremadura desdramatiza incapacidade dos socialistas espanhóis.
26.10.16
  • partilhe
  • 0
  • +
PS deixaria governar PSD se não chegasse a acordo com esquerda
O presidente da região espanhola da Extremadura, Guillermo Fernández-Vara, fala com o rei de Espanha Felipe VI Foto EPA
O presidente da região espanhola da Extremadura afirmou esta quarta-feira que o Partido Socialista português deixaria governar a coligação PSD-CDS caso não chegasse a acordo com a restante esquerda, evitando que Portugal ficasse um ano sem governo como aconteceu em Espanha.

"Não tenho nenhuma dúvida - e o Partido Socialista português que me desautorize. Se em Portugal não se pudesse formar uma maioria do PS com o Bloco de Esquerda e com o Partido Comunista, deixar-se-ia governar a lista mais votada. Estou absolutamente convencido disso. Estou certo de que não haveria um ano sem governo como aconteceu em Espanha", disse Guillermo Fernández-Vara, um dos "barões" regionais do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE).

Vara, que falava à margem de uma visita à exposição Experimenta Extremadura, na Fundação Saramago, em Lisboa, desdramatizava assim a incapacidade dos socialistas espanhóis - na altura liderados por Pedro Sánchez - de alcançarem um "acordo à portuguesa" com o Podemos (esquerda radical) e a Izquierda Unida (antigo partido comunista espanhol).

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!