PSD e CDS-PP querem impossibilitar prescrições de ilícitos financeiros graves

Projeto de resolução, que será entregue esta terça-feira no Parlamento, faz quatro recomendações de revisão ao regime geral das instituições de crédito e das sociedades financeiras.
12.05.14
  • partilhe
  • 0
  • +

PSD e CDS-PP vão apresentar iniciativas legislativas para tornar "absolutamente impossível" a prescrição de ilícitos financeiros graves, e criticam o projeto de lei do PS sobre a mesma matéria, admitindo no entanto disponibilidade para "consensos".

Em conferência de imprensa, o deputado do PSD Carlos Abreu Amorim disse que as iniciativas visam "tornar absolutamente impossível" a prescrição de ilícitos bancários graves, evitando a repetição de situações "escandalosas" em processos contraordenacionais.

O deputado manifestou disponibilidade da maioria PSD/CDS-PP para "consensos com qualquer partido da oposição que queira resolver o problema", sublinhando que a matéria em causa "não é de campanha eleitoral, é de funcionamento da Justiça".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!