Quase 113 mil unidades de medicamentos suspeitas de falsificação no primeiro semestre de 2017

Dados foram avançados pelo Infarmed.
Por Lusa|27.06.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Quase 113 mil unidades de medicamentos foram intercetadas pelas autoridades portuguesas no primeiro semestre de 2017, por suspeita de falsificação, das quais 18% foram destruídas, segundo dados avançados à Lusa pelo Infarmed.

Entre janeiro e junho do ano passado, foram identificadas pela Autoridade Tributária e Aduaneira 2.716 embalagens de medicamentos suspeitas de serem ilegais ou falsificadas, num total de 112.986 unidades intercetadas que foram retidas ou devolvidas ao remetente.

A maioria dos medicamentos detetados nas alfândegas nacionais no primeiro semestre de 2017 pertenciam às categorias de analgésicos (23%), disfunção erétil (20%) e outros (12%).

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!