Recomendações do Tribunal de Contas permitiram poupanças de milhões

Estado poupou 3.700 milhões de euros em 2016, entre despesas que não realizadas e aumento de receitas.
Por Lusa|30.05.17
  • partilhe
  • 2
  • +

As recomendações feitas pelo Tribunal de Contas e acolhidas pelas diferentes entidades públicas permitiram ao Estado poupanças de 3.700 milhões de euros em 2016, entre despesas que não foram realizadas e aumento de receitas, divulgou hoje a entidade.

"Das recomendações feitas pelo Tribunal entre os últimos dois anos, 70% foram acolhidas. É um indicador que devemos melhorar, mas que é positivo sobretudo em termos de impacto financeiro, de mais de 3.700 milhões de euros", afirmou hoje o presidente do Tribunal de Contas.

Vítor Caldeira apresentava, em conferência de imprensa, o Relatório de Atividades e Contas de 2016, adiantando que foram feitas 71 auditorias e verificações externas de contas (fiscalização sucessiva), tendo sido feitas 550 recomendações.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!