Reforço orçamental de 2017 ainda não chegou às universidades

Atraso já provocou problemas de tesouraria a algumas instituições.
Por Lusa|29.11.17
  • partilhe
  • 2
  • +
O Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) afirmou esta quarta-feira, no parlamento, que o reforço orçamental prometido para 2017 ainda não chegou às universidades, colocando problemas de tesouraria a algumas instituições.

"Sabemos que vai ser pago, mas estamos em fins de novembro e o reforço de 2017 ainda não chegou", disse o presidente do CRUP, António Fontaínhas Fernandes, perante a Comissão de Educação e Ciência.

O reitor da Universidade de Aveiro, António Assunção, advertiu que quando o reforço orçamental é muito tardio é inútil, levando apenas ao excedente de saldos ou a "gastar mal o dinheiro".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!