Sub-categorias

Notícia

Rihanna em lágrimas no funeral do primo assassinado

Cantora não conteve a emoção no último adeus a Tavon Alleyne, de 21 anos.
Por Catarina Figueiredo|12.01.18
A cantora Rihanna não conseguiu conter a emoção e segurar as lágrimas no funeral do primo, Tavon Alleyne, de 21 anos, que foi assassinado no passado dia 26 de dezembro à queima-roupa em Barbados, terra Natal da artista.

Cercada de entes queridos e familiares, Rihanna optou por um vestido totalmente branco e por uns óculos de sol da mesma cor para comparecer àquele que foi o último adeus ao jovem de 21 anos.

Sob o olhar atento de vários seguranças, que a acompanharam na cerimónia fúnebre, a cantora pop homenageou o primo colocando uma coroa de flores em formato de coração sobre o túmulo.

Tavon Alleyne foi abatido a tiro num bairro de St. Michael's, em Barbados. Horas antes da sua morte, o jovem tinha estado com a prima pela última vez. Rihanna expressou a sua tristeza através das redes sociais.

"Descansa em paz primo...não acredito que ontem à noite foi a última vez que te tive nos meus braços. Nunca pensei que aquela fosse a última vez que iria sentir o calor do teu corpo. Adoro-te para sempre!", escreveu a cantora numa publicação com vários fotografias dos dois.



As circunstâncias da morte do primo de Rihanna ainda estão por apurar, no entanto, a imprensa de Barbados especula que Tavon terá sido abordado por um homem quando ia a caminho de casa, que terá disparado contra este várias vezes antes de abandonar o local.

O jovem ainda foi levado para o hospital, acabando mais tarde por não resistir aos ferimentos. O homem suspeito de ter atirado sobre Tavon foi detido sob custódia policial, aguardando julgamento, marcado para o próximo dia 31 de janeiro.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cm ao Minuto

pub