Sánchez diz que Espanha enfrenta "pressão migratória" superior ao esperado

Chefe do executivo espanhol foi questionado sobre a entrada em Ceuta, esta quinta-feira, de cerca de 200 imigrantes da África subsariana.
27.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O Presidente do Governo espanhol reconheceu esta sexta-feira que o país está a enfrentar uma "pressão migratória" superior ao esperado e garantiu o respeito pelos direitos humanos dos migrantes, um problema que disse exigir uma resposta europeia.

"O desafio que se coloca a Espanha neste momento é a gestão de um fluxo migratório que ultrapassou as expectativas que tínhamos no início de 2018 e que se anunciavam, porque ao longo destes últimos anos tem vindo a aumentar", declarou Pedro Sánchez, no final da segunda cimeira para as interligações energéticas, que decorreu esta sexta-feira à tarde em Lisboa.

O chefe do executivo espanhol foi questionado sobre a entrada em Ceuta, esta quinta-feira, de cerca de 200 imigrantes da África subsariana, depois de saltarem um obstáculo na zona fronteiriça que separa a cidade autónoma de Marrocos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!