Secretário de Estado apanhado em incompatibilidade diz que "houve total boa-fé"

João Paulo Rebelo admite a falha mas diz que tudo não passou de um lapso.
25.05.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Secretário de Estado apanhado em incompatibilidade diz que "houve total boa-fé"
João Paulo Rebelo
João Paulo Rebelo admite a falha, mas assegura que tudo não passou de um lapso que o levou a, durante alguns meses, incorrer numa incompatibilidade ao acumular o lugar de secretário de Estado do Desporto e da Juventude com a gerência de uma empresa unipessoal de mirtilos. "Houve boa-fé", assegura.

"Quando cheguei à Assembleia da República, como deputado, entreguei uma declaração na qual constava o lugar de sócio-gerente da empresa", contou à Sábado, explicando que o facto de querer estar em regime de exclusividade no Parlamento o levou a questionar os serviços sobre se devia renunciar ao cargo.




Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!