SEF vai ter equipas especializadas na área do tráfico de seres humanos

Rosa Monteiro adiantou que ainda este ano será inaugurada uma casa de acolhimento em Coimbra.
Por Lusa|29.05.18
O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) terá três equipas especializadas com competência de investigação criminal e controlo de fronteiras na área do tráfico de seres humanos, disse esta terça-feira o secretário de Estado da Proteção Civil.

José Artur Neves falava esta terça-feira na sessão de abertura da XI Conferência Crianças Desaparecidas e Exploradas Sexualmente que decorre em Lisboa promovida pelo Instituto de Apoio à Criança e na qual participou também a secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro.

Segundo o secretário de Estado, um relatório do grupo de peritos do Conselho da Europa contra o Tráfico de Seres Humanos publicado em 2017 recomendou a Portugal que melhorasse a identificação e a assistência a crianças vítimas de tráfico de seres humanos.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!