Sérgio Conceição expulso por pressão a árbitro

Brahimi, Maxi Pereira e Corona protagonizaram reviravolta no marcador que deu vitória na Supertaça ao FC Porto.
Por Mário Figueiredo|05.08.18
O FC Porto operou este sábado uma reviravolta para conquistar a sua 21ª Supertaça, ao vencer o D. Aves, por 3-1, em Aveiro, com golos de Brahimi , Maxi e Corona. 
FC Porto faz a festa da Supertaça em Aveiro


Com o jovem André Pereira no lugar de Marega, que recusou-se a jogar (ver pag. 33), o FC Porto entrou a todo o gás. Uma triangulação entre André Pereira e Aboubakar só não resultou em golo devido a uma grande defesa de Beunardeau (5').

O D. Aves demorou a encontrar-se no jogo. Perdeu Quim e Guedes, que foram decisivos na conquista da Taça de Portugal ao Sporting, e demonstrou alguma intranquilidade e falta de rotinas. Aos poucos foi subindo e ganhando confiança. O golo chegou antes do quarto de hora por Falcão. Cruzamento de Amilton, Herrera cortou a bola que embateu no árbitro e sobrou para o remate letal. Casillas pouco podia fazer. 
As imagens do FC Porto - Desportivo das Aves


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!