Serviços secretos evacuam hotel português em Caracas

Atentado contra Maduro pode ter estado na origem da ação policial. Hotel foi inaugurado por Sócrates em 2008.
06.08.18
Funcionários do Serviço Bolivariano de Inteligência (SEBIN, serviços secretos) evacuaram esta segunda-feira o Hotel Pestana Caracas, propriedade de empresários portugueses, mantendo impedido o acesso ao local.

Fontes não oficiais dão conta de que a ação da polícia secreta teria a ver com o atentado de sábado contra o Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

Uma fonte contactada pela agência Lusa explicou que no local estão quatro carrinhas do SEBIN e que o acesso ao hotel está restringido.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!