Sessenta e seis mortos, mais de 250 feridos e 500 casas destruídas em Pedrógão

Fogos devastaram cerca de 53 mil hectares de território e afetou os empregos de 372 pessoas.
Por Lusa|14.12.17
  • partilhe
  • 0
  • +
O incêndio que deflagrou há seis meses no concelho de Pedrógão Grande e que alastrou a concelhos vizinhos fez 66 mortos e 253 feridos, sete dos quais graves, destruiu meio milhar de casas e quase 50 empresas.

Quarenta e sete das vítimas mortais seguiam em viaturas, no dia 17 de junho, e ficaram cercadas pelas chamas na EN (estrada nacional) 236-1, entre Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos ou em acessos a esta via.

Extintas passado uma semana, as chamas vieram, em 20 de junho, a juntar-se às do fogo que, cerca de dez minutos depois do início do fogo no concelho de Pedrógão Grande (em Escalos Fundeiros), no interior norte do distrito de Leiria, eclodiu no município de Góis (distrito de Coimbra), em Fonte Limpa.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!