Sindicato acusa hotelaria e restauração do Norte de incumprimento da nova tabela salarial

"Estas condições violentas de trabalho provocam uma grande desmotivação e situações graves na saúde", disse Francisco Figueiredo.
Por Lusa|27.08.18
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Hotelaria e Similares do Norte afirmou esta segunda-feira no Porto que "a grande maioria" das empresas do setor no Norte "não está a cumprir a nova tabela salarial".

"Numa ronda pelas principais cidades dos distritos da região Norte concluímos que a grande maioria dos patrões das empresas do setor da hotelaria e restauração não está a cumprir a nova tabela salarial que entrou em junho, mas tem efeitos a abril", disse Francisco Figueiredo.

Numa conferência de imprensa realizada junto ao Hotel Brasileira Porto, o dirigente sindical sublinhou que a nova tabela salarial "representa para estes trabalhadores, que estiverem sete anos sem aumentos salariais, um aumento de cerca de 8,8%, portanto, um aumento significativo".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!