Assad acusa EUA e aliados de lançarem "campanha de falácias e mentiras"

Posição foi revelada numa reunião com uma delegação parlamentar russa, em Damasco.
Por Lusa|15.04.18
  • partilhe
  • 1
  • +

O Presidente sírio acusou este domingo os Estados Unidos e os seus aliados de lançarem uma "campanha de falácias e mentiras" após a ofensiva militar lançada no sábado na Síria por Washington, Londres e Paris.

"A agressão tripartida contra a Síria foi acompanhada por uma campanha de falácias e mentiras no Conselho de Segurança [da ONU] por parte dos mesmos países agressores contra a Síria e a Rússia", afirmou hoje Bashar Al-Assad, numa reunião com uma delegação parlamentar russa, em Damasco.

Para Assad, a atual situação prova que a Síria e a Rússia "estão a lutar contra o terrorismo e a proteger a lei internacional baseada no respeito à soberania dos Estados soberanos e à vontade dos seus povos".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!