SLN credora de 26 milhões na Pleiâde

Lencastre Bernardo, administrador da Pleiâde, afirmou esat terça-feira na Comissão de Inquérito ao Banco Português de Negócios (BPN) que nunca esteve ligado ao BPN. A Deloitte aponta "erros intencionais" na gestão da Pleiâde, e adianta que esses erros eram do conhecimento dos órgãos sociais da empresa. A consultora refere que, a 31 de Dezembro de 2008, a Pleiâde devia à SLN cerca de 26 milhões de euros.
03.03.09
  • partilhe
  • 0
  • +
SLN credora de 26 milhões na Pleiâde

Lencastre Bernardo afirmou ainda perante os deputados que não terá trocado mais de uma dezena de conversas com Oliveira e Costa durante todo o ano de 2007.

Aquele responsável admitiu que a nacionalização do BPN colocou a Pleiâde em dificuldades financeiras no acesso ao crédito, e acrescentou que desde Dezembro, ele próprio, uma economista e uma secretária (os únicos funcionários que actualmente constituem a Pleiâde) estão com os salários em atraso.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!