Sub-categorias

Notícia

S&P volta a cortar ‘rating’ de CGD, BES, BPI e Santander

A agência de notação financeira Standard & Poor's cortou esta quinta-feira o 'rating' dos bancos portugueses Caixa Geral de Depósitos (CGD), BES, Santander Totta e BPI e de duas subsidiárias, que ficaram assim a um nível de 'junk' ('lixo').
31.03.11
  • partilhe
  • 0
  • +
S&P volta a cortar ‘rating’ de CGD, BES, BPI e Santander
"As perspectivas da banca são negativas, reflectindo a possibilidade de uma nova redução do 'rating' de Portugal e o impacto que isso teria na credibilidade dos bancos portugueses", acrescenta a nota da S&P Foto Diogo Pinto

Esta é a segunda vez esta semana que a S&P corta a classificação da banca portuguesa, reduzindo agora a avaliação de 'BBB' para 'BBB-' dos quatro bancos portugueses e de duas subsidiárias da banca de investimento, o Banco Espírito Santo de Investimento (BESI) e o Banco Português do Investimento.

Já o BCP, que viu segunda-feira um corte no 'rating' para 'BBB-', mantém-se no mesmo nível, mas com uma "perspectiva negativa", ou seja, poderá enfrentar novo corte, segundo a nota de análise da S&P.  

A S&P adianta que mantém os 'ratings' de curto prazo e de longo prazo sob vigilância negativa, "reflectindo a possibilidade de uma nova descida no curto prazo, caso o banco não consiga implementar um plano para fortalecer o seu perfil financeiro".   

"As perspectivas da banca são negativas, reflectindo a possibilidade de uma nova redução do 'rating' de Portugal e o impacto que isso teria na credibilidade dos bancos portugueses", acrescenta a nota da S&P.  

A agência de notação financeira lembra que os 'ratings' das instituições financeiras portuguesas estão agora no mesmo nível dos da República Portuguesa e devem-se à redução da classificação da dívida soberana.  

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cm ao Minuto

pub