TAS rejeita recurso de ex-secretário geral da FIFA e confirma suspensão de 10 anos

Jérôme Valcke, de 56 anos é acusado de ter participado na venda ilegal de ingressos para o Mundial 2014.
Por Lusa|27.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) anunciou esta sexta-feira que rejeitou o pedido de recurso de Jérôme Valcke, ex-secretário geral da FIFA, confirmando a sua suspensão de 10 anos do organismo máximo do futebol por corrupção.

O ex-diretor de marketing e secretário geral da FIFA tinha interposto recurso contra a suspensão de 10 anos aplicada pelpela FIFA em 28 de fevereiro de 2017, mas o TAS concluiu agora que "as infrações cometidas por Jérôme Valcke foram cumulativamente graves e, por consequência, as sanções foram proporcionais".

O francês, de 56 anos, é acusado de ter participado na venda ilegal de ingressos para o Mundial2014 e de ter feito viagens pagas pela FIFA para usufruto pessoal.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!