Taxistas contra a Uber estrangulam Madrid

Associações de taxistas da capital espanhola uniram-se num protesto solidário com os colegas de Barcelona.
Por Francisco J. Gonçalves|31.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Os taxistas de Madrid solidarizaram-se esta segunda-feira com os de Barcelona e paralisaram a capital espanhola com longas filas de veículos nos principais acessos. Na base dos protestos está a concessão de licenças sem controlo às empresas Uber e Cabify.

A paralisação de ontem na capital surge depois da greve em massa iniciada pelos taxistas em Barcelona, no fim da passada semana. Inicialmente, os taxistas de Madrid solidarizaram-se de forma dispersa e desorganizada, mas as principais associações de taxistas uniram forças ontem para desfilar em bloco. No País Basco, Galiza e Navarra houve também protestos.

Em reuniões com os taxistas, o governo prometeu aprovar em setembro um decreto-lei que transfira para os governos regionais, como o da Catalunha e da comunidade madrilena, as competências de concessão de licenças a empresas como a Uber e a Cabify. Mas os taxistas não ficaram satisfeitos e mantêm a greve.

"O que dizem tem de passar para o papel", afirmou Tito Álvarez, porta-voz da Élite Taxi, após a reunião com o governo.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!