Stradivarius sai de museu para concerto solidário

Violoncelo é tesouro nacional.
Por Lusa|15.10.15
  • partilhe
  • 0
  • +
Stradivarius sai de museu para concerto solidário
Foto João Cortesão

O violoncelo Stradivarius classificado como tesouro nacional vai sair do Museu Nacional da Música para o concerto solidário de apoio aos refugiados marcado para domingo, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, disse à agência Lusa fonte da entidade.


O violoncelo Stradivarius Chevillars, com 290 anos, é uma das jóias da coroa do espólio do Museu da Música, pertenceu ao rei D. Luís I (1838-1889), e é o único instrumento em Portugal com a assinatura do construtor António Stradivari (1644-1737).


Contactada pela Lusa, Graça Mendes Pinto, diretora do museu, relatou que a saída do raro violoncelo, "avaliado em vários milhões de euros", está relacionada com a descoberta do instrumento pelo violoncelista russo, Pavel Gomziakov, que esteve em Lisboa para tocá-lo num concerto realizado no Museu da Música.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!