Tribunal arbitral concede acesso da Eslovénia às águas internacionais

Decisão do painel arbitral de Haia poderá, no entanto, ter poucos efeitos já que a Croácia se afastou do processo de negociação arbitral em 2015.
Por Lusa|29.06.17
  • partilhe
  • 0
  • +
Tribunal arbitral concede acesso da Eslovénia às águas internacionais
Foto Getty
Um tribunal arbitral internacional concedeu esta quinta-feira à Eslovénia acesso sem restrições ao mar alto, pela primeira vez desde a desagregação da antiga Jugoslávia, uma decisão que visa acabar com uma longa disputa territorial com a vizinha Croácia.

A decisão do painel arbitral de Haia poderá, no entanto, ter poucos efeitos já que a Croácia se afastou do processo de negociação arbitral em 2015 e diz que não reconhece as suas conclusões.

O tribunal, com cinco juízes, concedeu à Eslovénia grande parte da Baía de Piran, ao largo das costas dos dois países no Mar Adriático, bem como um corredor com uma largura de 2,5 milhas náuticas (4,65 quilómetros) e comprimento de 10 milhas náuticas (18,5 quilómetros) a ligar as águas territoriais eslovenas às águas internacionais.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!