Tribunal de Contas deu visto à compra de Teatro Sá da Bandeira pela Câmara do Porto

Proposta levada a reunião camarária justificava a aquisição pelo "seu interesse histórico e cultural para a cidade".
27.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O Tribunal de Contas deu visto prévio à "minuta do contrato de compra do Teatro Sá da Bandeira" por parte da Câmara do Porto, no âmbito do exercício do direito de preferência, revelou esta sexta-feira fonte oficial da instituição.

"A minuta do contrato de compra e venda do Teatro Sá da Bandeira foi visada em 6/7/2018", adiantou o Tribunal de Contas (TdC), numa resposta escrita enviada à Lusa devido à indicação, dada pela Câmara do Porto em setembro de 2017, de que tinha exercido o direito de preferência de compra da sala de espetáculos mais antiga da cidade, aguardando o visto daquele tribunal para fazer a escritura de aquisição por 2,1 milhões de euros.

Contactada pela Lusa, a Câmara do Porto diz que "já recebeu o visto" e "mantém a intenção de compra", notando que o processo "sofreu atrasos sucessivos, dado o número elevado de proprietários (cerca de 60), e as questões levantadas e documentos exigidos acerca dos mesmos pelo Tribunal de Contas".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!