Tribunal de Contas retrocede e atribui visto a contratos da CP com EMEF

Valor total ronda os 4,5 milhões de euros.
Por Lusa|16.04.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O Tribunal de Contas (TdC) voltou atrás e atribuiu visto a sete contratos da CP com a Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário (EMEF), no valor total de cerca de 4,5 milhões de euros, segundo o acórdão.

Em 06 de março, fonte do tribunal havia dito à Lusa que a instituição tinha admitido o pedido de recurso da CP -- Comboios de Portugal ao acórdão que determinou a recusa de visto a sete contratos com a EMEF.

Em causa estão sete contratos submetidos pela CP a fiscalização prévia do TdC, celebrados em 30 de novembro de 2017, com a EMEF, "todos subordinados à designação de 'Acordo de prorrogação relativo ao contrato de manutenção'", segundo o acórdão 08/2018, de 29 de janeiro.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!