Tribunal de Sintra vai julgar corrupção na Força Aérea

Depois de um "ping-pong" entre os tribunais de Sintra e Lisboa, a Relação de Lisboa decidiu que o processo vai ser julgado em Sintra.
19.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Tribunal de Sintra vai julgar corrupção na Força Aérea
Tribunal de Sintra Foto David Martins
O processo de corrupção nas messes da Força Aérea vai ser julgado no tribunal de Sintra. Depois de vários meses de indefinição quanto à comarca competente para realizar o julgamento, esta semana o juiz desembargador Trigo de Mesquita decidiu que Sintra é o tribunal competente, tal como tinha definido o juiz de instrução Ivo Rosa.

Dos 86 arguidos iniciais da "Operação Zeus" - 40 militares e 46 entre empresários, empresas e trabalhadores - o julgamento contará com 68 arguidos: 30 militares e 38 arguidos, entre empresas e civis, suspeitos de participarem num esquema de corrupção nas messes da Força Aérea. Segundo a acusação do Ministério Público, os arguidos delinearam um esquema de sobrefaturação de bens e matérias-primas para a confeção de refeições nas messes da Força Aérea Portuguesa e do Hospital das Foças Armadas, avança a revista Sábado.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!