UMinho adapta brinquedos para crianças com paralisia cerebral

Por Lusa|06.12.17
  • partilhe
  • 1
  • +

Um grupo de estudantes da Universidade do Minho está a adaptar brinquedos doados às necessidades de crianças com paralisia cerebral, um "gesto de solidariedade e gratidão" que se repete há 11 anos, embora haja cada vez menos doações.

Hoje, a Sociedade Martins Sarmento, em Guimarães, transformou-se numa oficina do Pai Natal em que os duendes são alunos de Engenharia Eletrónica e Computadores da Universidade do Minho que, com a magia aprendida no curso, e um "simples adaptador", estão a tornar brinquedos eletrónicos "normais" em brinquedos funcionais para crianças com necessidades especiais "mas sem custarem 200 euros".

Há guitarras cor-de-rosa, cãezinhos de peluche, um urso contador de histórias, carrinhos, uma retroescavadora, e uma boneca que diz 'I Love You' quando lhe carregam na barriga. Um gesto básico para uns, mas impossível para algumas crianças.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!