Sub-categorias

Notícia

Vacina portuguesa contra a malária testada em humanos

Apresentação dos resultados é esperada para 2018.
Por Lusa|30.05.17

Uma vacina contra a malária desenvolvida por cientistas portugueses vai ser testada em humanos num ensaio clínico que começa esta terça-feira na Holanda, disse à Lusa o líder da equipa de investigadores, Miguel Prudêncio.

A vacina, criada por uma equipa do Instituto de Medicina Molecular de Lisboa, incorpora o parasita que causa a malária em roedores e que é 'mascarado' com o parasita que infeta as pessoas, para que o sistema imunitário humano possa reconhecê-lo e combatê-lo numa fase em que os sintomas da doença não se manifestam.

A malária é uma doença transmitida pela picada da fêmea do mosquito "Anopheles" infetada pelo parasita do género "Plasmodium".

Um dos parasitas da malária mais agressivos e que causam a infeção nos humanos é o "Plasmodium falciparum". Em alguns roedores, a infeção é provocada pelo "Plasmodium berghei", que é inofensivo para as pessoas.

O que a equipa de Miguel Prudêncio fez foi usar o parasita da malária que infeta roedores e modificá-lo geneticamente para expressar uma proteína do parasita que contagia os humanos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cm ao Minuto

pub